TheGoldenAura

Posts Tagged ‘places’

HM 2011

Sunday, September 25th, 2011

HM 2011, uma escolha de fotografias de férias por Itália, Albânia, Montenegro e Croácia.

… Atripalda, visitar a Vinosia…

Saturday, July 30th, 2011

20110730-002610.jpg
Gosto muito de beber Marziacanale e não podia deixar de aproveitar para visitar as caves Vinosia em Atripalda.
A Vinosia tem sede em Atripalda, onde têm loja-restaurante-lounge. Podem-se beber todos os vinhos a copo. Um longo almoço, onde provamos deliciosas combinações de sabores de produtos locais acompanhados com Marziacanale e Rajamagra.

20110730-003441.jpg
Foi-nos dado a provar o melhor da Vinosia, o “Sesto a Quinconce”, um vinho realmente muito especial, daqueles que se come.

… Vesúvio e Pompeia…

Friday, July 29th, 2011

20110729-234639.jpg
Subimos ao Vesúvio por estradas de montanha escorregadias numa manhã chovosa, com 45 minutos a subir a pé (tenho mesmo que deixar de fumar) mas que valem o esforço pois as vistas são fabulosas.

20110729-234755.jpg
Depois, passamos uma longa tarde de caminhadas, perdidos e achados por Pompeia, a viajar no tempo e a imaginar como vivia esta gente… 25 bordeis para 4000 habitantes, nada mal.

… Nápoles…

Friday, July 29th, 2011

20110729-234020.jpg
Depois de uns dias perdidos em praias turísticas da costa oeste italiana, finalmente chegamos a Nápoles.
Sem entrar em detalhes sobre a visita a Nápoles, esta é uma cidade cheia de vida, cheia de jovens, mas também de hostilidade latente… Uma mistura da ribeira, com bairro alto e bairro gótico, intercalada com monumentos ao ar livre dignos de museu, de paredes grafitadas…

20110729-234137.jpg
… com lixo que se acumula aos montes por todos os lados. (choveu e os montes de lixo fazem uma “boa” sopinha…).

De Civitavecchia…

Friday, July 29th, 2011

20110729-230948.jpg
De Barcelona saímos em ferry em direcção a Civitavecchia. Nada de muito interessante, típica cidade de porto e local de férias de praia para os romanos.
Fomos descendo a costa com paragem em Anzio e Sperlonga.

20110729-231204.jpg
O “Romolo al Porto” é um pequeno restaurante situado no porto de pesca de Anzio. Peixe, marisco e bom vinho. Muito bom.

20110729-232203.jpg

20110729-232346.jpg

20110729-232426.jpg
Sperlonga tem uma longa costa de areal aproveitada pelo turismo local… mas o ambiente recorda a nossa Vila Nova Milfontes.

Uns dias por BCN

Tuesday, July 19th, 2011

20110719-184640.jpg

20110719-184654.jpg
Barcelona é uma cidade muito especial… Sonho de vida eufórica.

Uns dias dedicados a visitar amigos, lugares e sabores (muitos sabores) do passado.

É com a saudade na incerteza de uma próxima visita que seguimos viagem.

De Férias

Saturday, July 16th, 2011

20110716-115806.jpg
Depois de muita atribulação… Finalmente chegam uns dias de férias. Saída de Neuchâtel com programa incerto…

Continua…

(tenciono usar o WP do iPhone para colocar alguns posts durante estas férias)

Marrocos 2010

Sunday, October 3rd, 2010

O corpo deambula (perdido) no meio da multidão e a alma preenche-se de cheiros, cores, sabores e calor.

Flickr set

ver mapa…

Paraísos Cercanos – Portugal na TVE

Monday, May 24th, 2010

via @ncosta24

É a nostalgia que motiva o post deste belíssimo documentário sobre Portugal, realizado pela Televisão Espanhola (TVE). Vale a pena ver.

Time for a pause with this magnificent view in front. My legs are complaining… Too old for this :) #places http://twitpic.com/18blvw

Saturday, March 13th, 2010

Time for a pause with this magnificent view in front. My legs are complaining… Too old for this :)
#places http://twitpic.com/18blvw

NZZB, uma rota inesquecível

Tuesday, February 23rd, 2010

Quase 5000 km entre a Namíbia, Zâmbia, Zimbabué e Botsuana, com rota definida pelos vários parques naturais destes países, em companhia da família e amigos.

Chegamos a Windhoek, capital da Namíbia, partindo rapidamente para o Etosha National Park.

Ficámos hospedados no Okaukuejo Camp, um lodge com a particularidade de estar situado ao lado de um waterhole por onde passam os animais ao longo do dia e da noite para saciarem a sede das altas temperaturas. O Etosha é um parque enorme, excelente na diversidade e na quantidade de animais: leões, girafas, zebras, kudus, springboks, hienas…

Seguiu-se o Ongava, uma reserva natural situado ao lado do Etosha. Este parque é conhecido pelos seus rinocerontes, mas só alguns do grupo (os mais persistentes) tiveram o privilégio de os ver.

Seguimos caminho para a Faixa de Caprivi, pernoitando no Divava.

Escondido na margem do Okavango este lodge tem umas vistas privilegiadas sobre o rio.

O caminho continuou até à Zâmbia.

Ficamos no “The Royal Livingstone”. Relaxar e recuperar forças, envolvidos por uma atmosfera colonial e pela energia especial de Victoria Falls.

Os mais de 1700 metros de linha de água são ainda mais impressionantes quando vistos desde o Zimbabué.

O próximo destino foi o Chobe National Park, com “game drive” por terra e pelo rio. Vimos vários animais, mas foram os elefantes e hipopótamos que proporcionaram os momentos mais magníficos.

Do Chobe seguimos para Kasana onde nos esperavam pequenas avionetas para viajar com destino a Xudum, em pleno delta do rio Okavango.

Esta viagem num velho “cessna” foi um dos pontos altos, sobretudo a aterragem no meio da savana numa pista de terra batida improvisada.

Seguiram-se mais umas horas de jeep por caminhos que eram mais apropriados para barcos.

O Xudum foi um dos lodges mais bonitos de toda a viagem. A distância da civilização, as paisagens únicas, o pôr-do-sol inesquecível e o staff acolhedor, tornam difícil o regresso.

Começamos a viagem de regresso com destino a Swakopmund, parando em Lianshulu Mudumu e no Rundu, passeando de barco pelo rio Cubango, a fronteira natural entre a Namíbia e Angola.

Com base em Swakopmund, fomos ver a colónia de focas de Cape Cross. São milhares, comendo cada uma entre 15-30 kg de peixe por dia!!!

Para terminar as férias, passeamos pelas maiores dunas de areia do mundo.

O corpo não esquece o calor e na memória ficam gravadas as cores, os cheiros e a música que embalava as noites com o cantar hipnótico dos animais.

NOTA: Tenho mais de 5000 fotografias feitas com uma Olympus E420 com as objectivas 25mm e 40-150mm. Senti a falta de uma teleobjectiva e de um bom tripé mas estou contente com a resistência do material, a poeira fina e a humidade chegaram a pontos críticos, condições que o material suportou sem problemas. Tenho mais 12 horas de video HD filmados com uma Sanyo Xacti e não sei quando é que vou ter tempo para editar :)

Nice view from here. #places http://twitpic.com/14b2ov

Saturday, February 20th, 2010

Nice view from here.
#places http://twitpic.com/14b2ov

Uns dias de férias…

Saturday, January 23rd, 2010

Vou uns dias de férias e a coisa promete…

Vou tentar dar notícias durante o percurso, caso consiga ter net.

Fête nationale suisse

Sunday, August 2nd, 2009

1aout2009

Ontem, festejou-se o 1 de Agosto, a Festa Nacional suíça celebrada 718 anos depois do Pacto Federal.
A cidade de Neuchâtel ilumina-se com os fogos de artifício e nas margens do lago vêem-se os fogos de outras cidades… em casa com os amigos, comemos, bebemos e pactuamos.

Bartok

Friday, April 3rd, 2009

bartokmuseum

Nos meus 30 anos fugi, escusei-me com a triste idade e ofereci-me uns dias por Budapeste. Perdi-me em caminhadas pela cidade, prometendo ao corpo cansado um espírito saciado a goulash e vinho húngaro.

Em Buda, viajei à minha infância durante a visita à “Bartok’s Memorial House”, contente por viver mais do que a música, que toquei quando pequeno, deste grande compositor. Piano, curioso metrónomo de bolso, pena de 5 pontas, pautas originais… com um final de tarde de evasão no recital de Csaba Kiraly.

Bartok faz parte daquele grupo dos Imortais.

ver mapa…

De raça bísara

Tuesday, February 10th, 2009

De fim de semana gastronómico pelo concelho de Chaves, protegido do mau tempo que tem caracterizado estas minhas férias, aproveitei para comer o tão falado cozido de porco bísaro no restaurante “Casa de Souto Velho”, em Anelhe. São destes sabores, tão nossos, que levo comigo.

ver mapa…

La Dame, Chaumont

Tuesday, January 27th, 2009

Uma das vantagens de viver neste frio, é que depois de um dia de trabalho podemos fazer uma caminhada com “raquettes”, beber “vin chaud aux épices” e comer “fondue moitié-moitié” num igloo.

ver mapa…

Gruyères

Sunday, May 25th, 2008

Um passeio de fim de semana.

Este fim de semana fui a Gruyères, uma pequena cidade medieval do cantão de Fribourg. A visita do “Château de Gruyères” é agradável, sendo interessante observar a evolução sofrida desde finais do séc. XIII até aos dias de hoje. 

Não visitei o Giger’s Museum, fica para a próxima (ou talvez não).

Um belo sítio mas cheio de turistas (como eu), assim que decidi refugiar-me num restaurante e encher a barriga de “fondue moitié-moitié”, “raclette” e “Caquelon”.

ver mapa…

Vitra Design Museum

Sunday, May 4th, 2008

Um parque industrial na mão dos arquitectos.

Este sábado tive a oportunidade de visitar, na companhia de alguns amigos, o Vitra Design Museum, com Gehry, Hadid, Tadao Ando, Grimshaw e o nosso Siza Vieira como os arquitectos responsáveis do espaço.

O museu oferece diferentes tipos de visitas guiadas e acabamos por escolher a “guided architectural tour”. A guia falava alemão com alta capacidade sintética em inglês, as 200 frases de alemão resumiram-se a 2 frases em inglês, um impressionante domínio da língua inglesa. Acabamos com a sensação que há coisas que ficaram por saber mas, sempre tivemos a oportunidade de pousar o rabiosque nas diferentes vitras.

ver mapa…

Os primeiros dias de trabalhos

Tuesday, November 6th, 2007

Não sobra tempo para nada.

Tenho andado descuidado com o blog, mas o certo é que não tenho tido tempo para mais nada senão trabalhar, trabalhar, trabalhar, estudar, estudar, estudar…

Contudo, tenho a sorte de estar num sítio onde posso fazer uma pausa e passear num jardim realmente pacífico, sem qualquer ruído de fundo de cidade, respirar ar puro e ter espaço para pensar.

Espaço para pensar.

ver mapa…

Angola em “crescimento”

Wednesday, September 5th, 2007

Segundo o FMI, Angola é o país com o maior crescimento do planeta.

Cheguei há uns dias atrás de uma pequena viagem a Angola.

É a terceira vez que visito aquele país e é visível o “crescimento” quando comparo com as anteriores visitas.

Este “crescimento” são prédios gigantes, dragas a destruir a baía de Luanda, especulação imobiliária, trânsito cada vez mais caótico… Tudo isto com a invasão evidente e interessada de outros países.

Diamantes, petróleo, generais e restante clique corrupta são a desgraça daquele país, contudo, a população assiste impávida e serena a evolução da “sua” terra, ainda embriagados pelo sabor da paz.

Só a formação escolar pode salvar o país.

ver mapa…

De (re)visita a Portugal

Sunday, September 2nd, 2007

Aproveitando este retorno temporário para mostrar Portugal aos amigos.

Nestes anos lá fora, tenho falado (bem e mal) do meu país desconhecido.

De volta à terra, ainda que por pouco tempo, este foi o período ideal para os meus amigos espanhóis visitarem o país vizinho e terem-me com tempo para servir de guia.

Aproveitei, assim, para revisitar o meu país, viajar nas memórias e confrontar com a realidade do hoje de cada um desses lugares.

Portugal é único.

“9 devant la cathédrale…”

Wednesday, July 25th, 2007

O fim da temporada em Strasbourg.

Foram 6 meses a viver em Strasbourg, uma pausa entre o curso e o início da actividade profissional.

Os últimos dias foram os mais interessantes, com o convívio entre um grande grupo de estudantes de diferentes países como Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália, Hungria, Eslovénia, Polónia, Turquia, Arábia Saudita, Turquemenistão, Rússia… sendo fascinante a comunicação e confronto cultural, a sequência de pergunta/resposta das coisas mais banais com objectivo de entender o dia-a-dia de cada um de nós.

Vou de Strasbourg com um bom sabor de boca.

ver mapa…

Visita ao Parlamento Europeu

Wednesday, July 4th, 2007

Não é propriamente a visita que me motiva o post, mas sim o comportamento do grupo visitante.

Ontem visitei o Parlamento Europeu. Recomendo a todos aqueles que tenham a oportunidade de o fazer… e aos que não, fiquem descansados que aquela gente trabalha em boas condições.

Não é propriamente a visita que me motiva o post, mas sim o comportamento do grupo visitante.

Esta visita faz parte das actividades do curso intensivo de francês que estou a fazer. Era uma visita de grupo (50 pessoas) e exigia-se um elemento responsável por este, assim que o “CIEL de Strasbourg” fez de mim o responsável. Porquê eu?! Logo eu?!

Eu acredito na responsabilidade e organização individual do qual resulta um grupo responsável e organizado… e mal sabia eu que no grupo existiam elementos perturbadores, (ir)responsáveis pela educação, os professores (neste caso também alunos de francês).

O comportamento exemplar dos mais jovens contrastou com o snobismo, arrogância e desrespeito dos elementos mais velhos (os tais professores-alunos).

Sendo eu (jovem e não professor) o responsável pelo grupo, de alguma forma teve um efeito solvente sobre o verniz daquela gente, pondo de manifesto a sua pouca educação.

P.S. Gostaria de referir que alguns professores com “savoir-faire” respeitaram o “aluno-responsável do grupo” e comportaram-se com bastante nível. A excepção que confirmou a regra.

ver mapa…

Lugano

Thursday, June 21st, 2007

Uma bonita cidade…

Estive uns dias em Lugano, uma cidade no sul da Suíça no cantão de Ticino.

A cidade é bonita, calma, limpa, organizada… tudo o que seria de esperar de uma cidade suíça.

Mas a minha mente perversa não conseguia deixar de ver toda aquela funcionalidade pública como uma disfuncionalidade privada.

ver mapa…